Infraestrutura


Excelência Tecnológica

A excelência das tecnologias de previsão e monitoramento do tempo e clima do Instituto Tecnológico SIMEPAR coloca o Estado do Paraná na vanguarda nacional.

Moderna infraestrutura de equipamentos combinada a sistemas computacionais interativos e inteligentes viabilizam a recepção, o processamento e a disseminação de dados e informações em tempo real.

O SIMEPAR está permanentemente afinado com a evolução tecnológica. As previsões são realizadas com base em telemetria e sensoriamento remoto automático de dados, modelos numéricos e análise crítica de meteorologistas.

Um conjunto integrado de sistemas de monitoramento – composto por estações meteorológicas de superfície, sistemas de detecção de raios, radares e satélites – transmite dados automaticamente a um centro computacional de alto desempenho. Os dados são integrados, armazenados e processados por sofisticados programas computacionais. A interpretação de profissionais especialistas na climatologia da região gera as informações que resultam no produto final de previsão. Complementando sua concepção funcional, o SIMEPAR conta ainda com suporte computacional apropriado para o desenvolvimento de aplicativos utilizados em monitoramento e previsão.

Radar Meteorológico Banda-S DOPPLER

Instalado em Teixeira Soares/PR, realiza medições numa área de até 480 Km de raio, abrangendo os estados do Paraná e Santa Catarina, parte do centro-sul de São Paulo e norte do Rio Grande do Sul. Com alta resolução espacial, monitora chuvas e ventos em intervalos de tempo de até 5 minutos. O sistema possui algoritmos para identificação de tempestades severas, estimativa de chuvas e previsão de deslocamento de tempestades de muito curto prazo (até duas horas), possibilitando interação do usuário para integração com outros sistemas de monitoramento do tempo (raios e satélites) e emissão de alertas em curto intervalo de tempo.

Sistemas de Processamento de Imagens de Satélites Meteorológicos

Recebe em tempo real, processa e permite visualização de dados de alta resolução dos satélites das séries GOES e NOAA nos canais infravermelho e visível. Possui algoritmos para detecção de nevoeiro e queimada, extração de vento e gera dados de índices vegetativos, temperatura de superfície do mar e do solo.

Sistema de Detecção de Descargas Atmosféricas

Modernização da rede de sensores: sensor LS7000 instalado em <br/>União da Vitória / PR, e sensor LS8000 instalado em Pato Branco / PR.
Modernização da rede de sensores: sensor LS7000 instalado em
União da Vitória / PR, e sensor LS8000 instalado em Pato Branco / PR.

Sistema composto de antenas especialmente desenvolvidas para detectar as peturbações eletromagnéticas que as descargas atmosféricas (raios) causam e propagam na atmosfera e de um computador dedicado (com software específico) para processar e analisar as informações dessas antenas. Detecta e localiza com alta precisão (espacial e temporal) e em tempo real a incidência dos raios no estado do Paraná e nas adjacências, avaliando diversas características dessas ocorrências como localização mais provável, instante da ocorrência (com precisão de milésimos de segundo), intensidade e polaridade da corrente de retorno, entre outras informações. A rede de sensores do Paraná também participa cooperativamente de Rede Integrada Nacional de Detecçõo de Descargas Atmosféricas – RINDAT, que está presente as seguintes regiões brasileiras: Sul(Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), Sudeste (São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro), Centro-Oeste (Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso do Sul) assim como partes do Uruguai, do Paraguai, no norte e no nordeste da Argentina.

Rede de sensores de descargas atmosféricas<br/> prevista para o estado do Paraá (até 2012).
Rede de sensores de descargas atmosféricas
prevista para o estado do Paraá (até 2012).
Rede de sensores de descargas atmosféricas<br/> atualmente existente no estado do Paraiá.
Rede de sensores de descargas atmosféricas
atualmente existente no estado do Paraiá.


Rede Telemétrica Hidrometeorológica de Superfície

Constituída por um conjunto de estações meteorológicas e hidrológicas automáticas, cobre todo o estado do Paraná com alta resolução. As estações meteorológicas coletam em regime horário e enviam a cada três horas os dados referentes às seguintes variáveis: temperatura do ar, precipitação, velocidade e direção do vento, pressão barométrica, radiação solar global e umidade relativa. As estações hidrológicas medem a precipitação e o nível dos rios. Registram os dados automaticamente a cada 15 minutos, atualizando-os a cada quatro horas através de canal dedicado.



Esta¸ão Hidrológica de Porto Amazonas
Estação Hidrológica Foz do Areia/PR
Esta¸ao Hidrológica de União da Vitória e da Usina Hidroelétrica de Foz do Areia
Estação Meteorológica Cambará/PR
Esta¸ão Hidrológica de Porto AmazonasEstação Hidrológica Brasnorte/MT

Suporte Computacional de Alto Desempenho

Composto por um sistema de processamento de arquitetura paralela de alta capacidade, armazena e garante a integridade dos dados recebidos e facilita a recuperação para o usuário, permitindo o acesso imediato, interativo e flexível e gerando produtos.

Laboratórios

O Instituto Tecnológico SIMEPAR conta com um laboratório de manutenção eletrônica e um laboratório de padrões hidrometeorológicos. Através de uma parceria estratégica, implantou um programa de transferência tecnológica, tornando-se autônomo em manutenção e reparos nos coletadores de dados, sensores e transmissores. Simuladores e equipamentos especiais executam a aferição e a calibração dos sensores hidrometeorológicos.

Laboratório do Simepar Laboratório do Simepar Laboratório do Simepar

Aplicativos

Desenvolvido a partir de um aplicativo tipo CAD, o WebMet facilita a edição e publicação da previsão do tempo O RadVis é um aplicativo facilitador do acesso à informações de radar utilizadas e laudos técnicos e estudos de tempestades, permitindo a integração das informações de radar com pluviômetros e sistema de descargas atmosféricas. O Sisraios é um sistema de monitoramento, análise e previsão de tempestades atmosféricas. O AMH – Ambiente de Monitoramento Hidrológico é um software desenvolvido para coletar, processa e visualizar dados meteorológicos e hidrológicos. Inclui ferramentas de controle de qualidade de dados e de supervisão destinadas ao gerenciamento e à manutenção das redes telemétricas.

RADVIS

RadVis, é um software desenvolvido pelo Instituto Tecnológico Simepar para análise visual de dados de radares meteorológicos que, por ser um sistema de visualização, permite utilizar técnicas interativas para visualizar toda informação numa única vista e com um grau de detalhamento desejado, disponibilizando ao usuário recursos de zoom (aproximar, ou afastar de uma determinada região dos dados) e pan (deslocar os dados como um todo para outras regiões do display de visualização).

Outros recursos como inserção de cidades, mapas geo-referenciados, animação, integração com descargas atmosféricas podem ser utilizados para facilitar a interpretação visual dos dados em uma determinada região. Os dados obtidos em tempo real são disponibilizados no sistema RadVis instantaneamente para monitoramento e previsão em curtíssimo prazo permitindo estimar a intensidade da chuva com grande resolução espacial e temporal. Estes dados são armazenados em bancos de dados disponibilizando através do RadVis a consulta histórica das informações.



SISRAIOS

O SISRAIOS é um sistema desenvolvido em JAVA usado no monitoramento em tempo real e histórica da localização de ocorrências de descargas elétricas atmosféricas detectadas pelos sensores do RINDAT. Assim como o RADVIS, o SISRAIOS também é um sistema de visualização que através de técnicas interativas permite o usuário analisar regiões críticas com maiores detalhes.

O profissional de meteorologia, através do uso do SISRAIOS, poderá analisar a localização geográfica e temporal de descargas atmosféricas nuvem/terra, localização de temporais e determinação de características de descargas como o valor estimado do pico da corrente de retorno, a polaridade e número de componentes (multiplicidade) se a descarga for de natureza múltipla.

Sistema Meteorológico do Paraná - SIMEPAR 2017 ® - Todos os direitos reservados.
Centro Politécnico da UFPR - Curitiba - Paraná - Brasil
Caixa Postal 19100 - CEP 81531-980
Tel: +55 41 3320 2000
Fax: +55 41 3366-2122